Cinema > Oceano Selvagem: A Fuga das Sardinhas

Todos os anos, existe uma agitação alimentar nos oceanos da África do Sul, milhares de milhões de sardinhas, migram para a costa de KwaZulu-Natal.
“Oceano Selvagem” capturou imagens estonteantes de criaturas marinhas: baleias, tubarões implacáveis.

A migração proporciona uma fonte anual de alimentos, tanto para a vida no mar, como para inúmeras gerações de pessoas que vivem ao longo das costas africanas. O filme demonstra como o negócio, o governo e os habitantes locais, se uniram para proteger este recurso ecológico inestimável.

Este documentário mostra a luta subaquática diária para a sobrevivência da espécie. Todos os anos, na costa oriental de África do Sul, nos meses de inverno, as correntes ricas em nutrientes que trazem águas mais frias a norte do Cabo, também trazem milhões de peixes pelágicos: a dieta básica de todos os predadores da área. Golfinhos comuns reúnem-se numa força de vários milhares, bandos de gansos reúnem-se às centenas, tendo deixado suas colónias no sul, e uma multidão de tubarões reúne-se em grande número na costa selvagem, em antecipação aos cardumes.

As sardinhas encontram a sua força no número, sendo ainda vulneráveis ao serem forçadas para cima, para fora do abismo, por tubarões e golfinhos. Formam bolas prateadas de isco na superfície, que se contorcem e dividem para evitar os predadores do oceano.
Golfinhos precipitam-se, gansos-patola mergulham, focas e pinguins deslizam através das bolas de isco, em ataques viscerais deslumbrantes sobre as sardinhas: os tubarões escondem-se abaixo, movendo-se para as caçarem…

Alguns cardumes são conduzidos para águas rasas, encalhando nas praias natal de KwaZulu, onde os locais os pescam com redes, baldes e aias: isto é o que se tornou conhecido como a corrida à sardinha.
Operações comerciais têm sido construídas em torno do evento anual, com alguns anos de maior sucesso do que outros: os empresários da costa empregam muita gente.

Este é um lugar, onde o homem e a natureza estão ligados numa luta titânica pela sobrevivência. Quando todos estes predadores caçam os mesmos cardumes, o que vai ser necessário para manter os nossos oceanos vivos?

Área disciplinar: Ciências da Natureza e Biologia
Especialmente recomendada: 2º Ciclo e 3º Ciclo
Recomendada: 1º Ciclo, Secundário
Duração: 40 m

OUTRAS ATIVIDADES

Atividade